3 de Fevereiro de 2013

Mudanças na legislação fiscal exigem sistema de gestão empresarial de ponta

As frequentes mudanças na legislação fiscal brasileira são um complicador a mais para os fornecedores de ERP (Enterprise Resource Planning) ??? sistema de gestão empresarial que integra os principais departamentos de uma empresa, melhorando o fluxo de informação e reduzindo custos. Em especial, porque essas alterações vêm ocorrendo dentro de um prazo de adequação cada vez mais reduzido, dando margem a interpretações e análises díspares em relação a sua aplicabilidade.

As frequentes mudanças na legislação fiscal brasileira são um complicador a mais para os fornecedores de ERP (Enterprise Resource Planning) ??? sistema de gestão empresarial que integra os principais departamentos de uma empresa, melhorando o fluxo de informação e reduzindo custos. Em especial, porque essas alterações vêm ocorrendo dentro de um prazo de adequação cada vez mais reduzido, dando margem a interpretações e análises díspares em relação a sua aplicabilidade.

A rigor, existem várias ferramentas de soluções fiscais disponíveis no mercado, mas o desempenho de cada uma delas depende da qualidade da base de dados disponibilizada pelos ERPs. Pode parecer um detalhe, mas trata-se de um desafio muito grande manter os ERPs atualizados às variantes da legislação. Muitos são parametrizáveis, de forma que alterações mais simples acabam sendo objeto de reparametrização, algo mais rápido, demandando apenas um bom conhecimento funcional da ferramenta. Entretanto, há casos bem mais complexos, em que o cumprimento da obrigação legal demanda revisão em vários módulos e, muitas vezes, com prazos exíguos.

Num exemplo recente, temos o ???Ajuste Sinief 19?? ??? normatização da Portaria do Senado Federal 13/2012. Em primeiro lugar, há uma grande insegurança jurídica, pois há questionamentos sobre pontos cruciais do dispositivo legal em andamento. Aí vem um grande dilema: aguardar o desfecho desses questionamentos (correndo o risco de não ter mais tempo hábil para efetuar o desenvolvimento), ou já iniciar os desenvolvimentos ??? sob pena de desperdiçar horas altamente especializadas e caras, caso o dispositivo legal seja ???derrubado??. Em momentos como esse, em que o cliente apresenta muitas dúvidas e até certo receio quanto ao cumprimento de suas obrigações, é imprescindível contar com o respaldo de um fornecedor parceiro, que possa manter a situação sob controle e se mostrar realmente disposto a entender e atender suas necessidades.

Com tantas novidades ocorrendo tão rapidamente, a presença de um especialista fiscal dentro das empresas de software acabou se tornando imperativa. Os desenvolvedores, programadores e correlatos passam a ter, dessa forma, um suporte constante que imprime mais segurança e confiabilidade aos novos desenvolvimentos, tendo a certeza da correta interpretação das normas legais. Trata-se de um acompanhamento integral do movimento de inovação nas áreas fiscais e contábeis, promovendo a atualização das ???software houses?? em um nível muito maior do que em um passado recente. Não sendo possível mudar os prazos legais de entrega das soluções, é necessário cumpri-los em condições que atendam a expectativa do cliente e com alta qualidade. A satisfação é item de linha.

O ciclo de reposicionamento do relacionamento ???fisco-contribuinte?? ainda irá perdurar, muitas novidades e alterações estão por vir. Atentar para a necessidade de agilidade no atendimento dessas mudanças é questão de sobrevivência para os fornecedores de soluções fiscais e ERP que já estão no mercado. ?? também uma grande oportunidade de crescimento para soluções muitas vezes ainda regionais, mas com excelência em seus desenvolvimentos por contar com suporte tributário-contábil adequado. Não obstante, temos acompanhado a migração para a área de desenvolvimento de consultorias inicialmente voltadas especificamente às áreas tributária? e contábil.

Sem excelência na interpretação e execução de soluções perfeitamente alinhadas aos atos legais, sem soluções para ???compliance?? em gestão contábil-fiscal e um perfeito alinhamento conceitual com os clientes, grandes nomes do mercado podem ver sua participação diminuir aos poucos até efetivamente deixarem de ser grandes, pois grande é a necessidade de atendimento rápido, seguro e confiável nas atualizações de ERP e Soluções Fiscais.

Marcio Gomes é consultor da Unione Consulting, empresa que atua nacional e internacionalmente na área de TI, atendendo cerca de 180 clientes ativos ??? de uma carteira com mais de 650 instituições de médio e grande porte já atendidas. Com sede em Alphaville e filiais em Campinas e Rio de Janeiro, a empresa tem forte presença no setor de serviços, telecomunicações, varejo, mercado financeiro, mineração, indústria de processos, de manufatura discreta, alimentícia e farmacêutica. www.unione.com.br

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br

Mais Notícias