15 de Março de 2013

EBDA instala quatro novos campos de produção de sementes

A equipe da Divisão de Produção Vegetal (DPV) da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à secretaria da Agricultura (Seagri), comemora a instalação de quatro novos campos de sementes de feijão, vigna (feijão de corda), e milho - safra de verão 2013/2014 -, em três comunidades da região de Juazeiro e uma no município de Tucano, na Bahia. A ação é uma iniciativa do Programa Semeando, desenvolvido pela empresa.

A equipe da Divisão de Produção Vegetal (DPV) da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à secretaria da Agricultura (Seagri), comemora a instalação de quatro novos campos de sementes de feijão, vigna (feijão de corda), e milho - safra de verão 2013/2014 -, em três comunidades da região de Juazeiro e uma no município de Tucano, na Bahia. A ação é uma iniciativa do Programa Semeando, desenvolvido pela empresa.

Antes da instalação, um total de 133 agricultores familiares das Comunidades Salitre, Pilar, Canudos e Tucano ??? dos municípios contemplados -, receberam em suas respectivas associações, instruções sobre produção de sementes de milho da variedade caatingueiro, de feijão e vigna. A atividade, com foco na sustentabilidade da agricultura familiar, prevê um excelente potencial de produção.

Como exemplo, o engenheiro agrônomo da EBDA, Eli Santana, cita o trabalho realizado na comunidade Salitre, onde foi disponibilizada, para o Programa, uma área de 15 hectares, com previsão de colheita de 45 toneladas de sementes; já a comunidade Pilar, no distrito de Jaguarari, cedeu uma área de 70 hectares, distribuída em 50 ha de feijão ??? para produção de 100 toneladas de sementes -, e 20 hectares de milho, de onde se espera a produção de 60 toneladas. Os produtores da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Canudos possuem uma área de 109 hectares, sendo: 64 ha de feijão, 20 ha de milho e 25 ha de vigna, onde a meta é obter 128 toneladas de sementes de feijão, 60 t de milho e 25 t de vigna.

Com relação à Associação de Agricultores Familiares do Distrito de Irrigação de Tucano, estes contam com uma área de 40 hectares, com o objetivo de obter 120 toneladas de milho. ???As sementes produzidas nestas áreas serão distribuídas aos agricultores do próprio Território e de outras localidades??, informou Eli Santana, um dos responsáveis pela instalação dos campos.

O técnico conta que a etapa atual é a de assistência técnica, com acompanhamento do plantio, visitas às áreas plantadas, que incluem o trabalho de roguing (eliminação de todas as plantas indesejáveis e fora do padrão), a fim de que se obtenham sementes de alto padrão de qualidade física, fisiológica e sanitária. ???Estamos prontos para acompanhar, além da colheita, o beneficiamento (classificação) da produção, e o armazenamento das sementes??, completou o engenheiro. As informações são da Seagri.

(Redação - Agência IN)

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br

Mais Notícias