17 de Dezembro de 2012

Balança Comercial tem saldo positivo de US$ 811 milhões em dezembro

Nos dez dias úteis de dezembro (1° a 16), as exportações brasileiras somaram US$ 10,259 bilhões, com média diária de US$ 1,025 bilhão. Pela média, o resultado é 2% maior que o verificado em dezembro de 2011 (US$ 1,005 bilhão).

Balança Comercial tem saldo positivo de US$ 811 milhões em dezembro

Nos dez dias úteis de dezembro (1° a 16), as exportações brasileiras somaram US$ 10,259 bilhões, com média diária de US$ 1,025 bilhão. Pela média, o resultado é 2% maior que o verificado em dezembro de 2011 (US$ 1,005 bilhão).

Neste comparativo, cresceram as vendas de produtos semimanufaturados (22,9%), com destaques para açúcar em bruto, celulose, couros e peles, e ouro em formas semimanufaturadas. Também houve aumento nas exportações de manufaturados (2,3%) devido, principalmente, a etanol, óleos combustíveis, bombas e compressores, chassis com motor, e autopeças. Os embarques de produtos básicos tiveram declínio de 3,6%, em razão, especialmente, de soja em grão, minério de ferro e café em grão.

Em relação à média de novembro deste ano (US$ 1,023 bilhão), houve alta de 0,2%, com expansão nas vendas de produtos semimanufaturados (5,2%) e básicos (3,9%), enquanto que retrocederam as exportações de manufaturados (-4,2%).

As importações, em dezembro, chegaram a US$ 9,448 bilhões e registraram média diária de US$ 944,8 milhões. Com esse desempenho, houve aumento de 13,4% na comparação com dezembro do ano passado (US$ 833 milhões). Houve elevação, principalmente, nas aquisições de cobres e obras (95,7%), produtos farmacêuticos (59,7%), adubos e fertilizantes (43%), aeronaves (42,7%), instrumentos de ótica e precisão (34,3%), equipamentos mecânicos (19,8%), e plásticos e obras (19,8%).

Na comparação com a média de novembro deste ano (US$ 1,032 bilhão), houve queda de 8,5%, com redução nas despesas com combustíveis e lubrificantes (-42,5%), cereais (-14,2%), químicos orgânicos e inorgânicos (-12,4%), equipamentos elétricos e eletrônicos (-12%), e borracha e obras (-9,8%).

O saldo comercial de dezembro está superavitário em US$ 811 milhões (média diária de US$ 81,1 milhões). Pela média, o resultado é inferior em 53,1% ao verificado no mês de dezembro do ano passado (US$ 172,8 milhões).

A corrente de comércio, nas duas primeiras semanas do mês, alcançou US$ 19,707 bilhões (média de US$ 1,970 bilhão). Pelo desempenho diário, houve aumento de 7,2% no comparativo com dezembro passado (US$ 1,838 bilhão) e redução de 4,2% na relação com novembro último (US$ 2,056 bilhão).

(Redação - Agência IN)

Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br

Mais Notícias