Soluções de Consulta - Trabalhista

Jornada de trabalho de até 6 horas - Intervalo para repouso ou alimentação.

Em qualquer trabalho contínuo, cuja a duração exceda 6 horas, é obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação, o qual será de no mínimo 1 horae , salvo acordo escrito ou contrato coletivo em contrário, não poderá exceder de 2 horas. <.br> Se a duração diária do trabalho não exceder de 6 horas, será obrigatória a concessão de um intervalo de 15 minutos, quando a duração ultrapassar 4 horas. assim, quando a jornada de trabalho for superior a 4 horas e até 6 horas, o empregado terá direito apenas a um intervalo de 15 minutos. O referido intervalo é previsto na legislação e não será contagem da jornada de trabalho dos empregados. Caso o empregador, por liberalidade, conceda intervalo superior ao legalmente determinado, o período excedente, por não estar legalmente previsto, não poderá ser deduzido da jornada de trabalho do empregado, sendo consderado por conseqüência, como de efetivo trabalho. Nesse sentido dispõe o Enunciado nº 118 do Tribunal Superior do Trabalho: "Os intervalos concedidos pelo empregador na jornada de trabalho não previstos em lei, representam tempo à disposição da empresa, remunerados como serviço extraordinário, se acrescidos no final da jornada". (art. 71, caput e parágrafos 1º e 2º, da consilidação das Leis do Trabalho).